LCIs e CDBs de bancos digitais costumam oferecer retornos maiores. É preciso pesquisar antes de investir

A decisão do Conselho Nacional de Política Monetária (Copom) do Banco Central de continuar elevando a taxa básica de juros (Selic) tem levado os investidores a voltar a atenção às oportunidades em renda fixa. “Com a alta volatilidade do mercado de renda variável neste período de pandemia, a renda fixa é a opção mais segura. Mas a elevação dos juros melhorou também a rentabilidade, tornando esta modalidade de investimento mais atrativa”, explica Renato Andrade Negrão, Head de Produtos Digitais do Banco Bari.

Meta inflacionária pode ser ultrapassada

Primeiro, é importante entender por que, após seis anos realizando cortes sucessivos na taxa Selic, o Copom decidiu novamente elevá-la, movimento iniciado em março. Em maio, houve nova elevação, de 0,75 ponto percentual, e a taxa básica de juros passou para 3,5% a.a. “O principal motivo que tornou necessária a elevação é a aceleração da inflação. O IPCA acumulado entre abril de 2020 e março de 2021 ficou em 6,10%, indicando que a meta inflacionária do ano poderá ser ultrapassada. Este movimento de elevação dos juros pode não ter parado por aqui e algumas projeções já indicam a Selic ultrapassando 6% a.a. em dezembro”, alerta Negrão.

Quando um movimento de elevação dos juros acontece, os investidores voltam a olhar com mais atenção para aplicações indexadas a juros ou a outros indicadores, com uma taxa de juros como prêmio. Bons exemplos são as Letras de Crédito Imobiliário (LCIs) e os Certificados de Depósito Bancário (CDBs). Neste cenário, em que há tendência de crescimento das taxas de juros, a melhor estratégia é investir em títulos de renda fixa pós-fixados indexados ao CDI (Certificado de Depósito Interbancário), que é a taxa das transações entre os bancos. Negrão detalha, que, desta forma, a aplicação acompanhará a curva de juros crescente.

O especialista lembra que, em um ambiente como o atual, os bancos calibram quase que diariamente as taxas oferecidas por seus investimentos. Por isso, é importante fazer uma comparação antes de investir, aproveitando ofertas mais vantajosas. “A rentabilidade oferecida pelos bancos menores ou digitais costuma ser significativamente maior do que a dos bancos tradicionais. Por isso, vale a pena pesquisar”, explica.