A Sancor Seguros vem realizando procedimentos para estar de acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que tem como objetivo garantir mais segurança e transparência às informações pessoais coletadas por empresas públicas e privadas. Em vigor há cerca de dois meses, a norma ainda encontra-se em fase de adequação e, por esta razão, as empresas devem se adaptar até agosto de 2021, que é quando as penalidades para infrações serão aplicadas.

Adiantado as necessidades de ajustes à nova norma, o corpo jurídico da Seguradora já vem trabalhando de forma a proteger os dados de seus clientes. O Projeto Jornada LGPD teve início em 2019, com a contratação de uma consultoria especializada no assunto, com a finalidade de realizar um mapeamento completo de todos os fluxos de entrada e saída de dados em cada área da Companhia. “Já estamos preparados para dar todo o conforto e segurança para os nossos consumidores. Para isso, identificamos os principais fluxos internos de circulação de dados e, a partir disso, estabelecemos o planejamento de ações, que serão seguidas em três momentos: curto, médio e longo prazo”, detalhou o gerente jurídico da Sancor Seguros, Thiago Augusto Bozelli.

O executivo ressalta os impactos que a LGPD terá no mundo corporativo, pois a partir de sua implantação, cada ato promovido com dados de clientes deverá ser devidamente descrito, informado e consentido por quem os forneceu. “Considero este um dos principais benefícios da nova norma, pois haverá a possibilidade do consumidor ter a exata noção das razões pelas quais seus dados pessoais estão sendo exigidos por uma determinada empresa, seja ela pública ou privada. Sempre que for fornecer informações, o cliente deverá conhecer os detalhes que são relativos ao tratamento de seus dados e, desta forma, também poderá exigir a exclusão dos mesmos quando tiver interesse”.

Para que tudo esteja em conformidade dentro do prazo exigido por lei, a Sancor também está orientando seus parceiros, como corretoras e cooperativas, com a finalidade de garantir uma conduta uniforme em toda a cadeia. “Estamos desenvolvendo uma parceria muito forte com os nossos colaboradores, fornecedores e parceiros. Engajamento, treinamento e acompanhamento serão palavras de ordem para que, rigorosamente, haja o tratamento adequado dos dados, transmitindo assim transparência e segurança”, finalizou o gerente jurídico.