Funcionários das empresas conveniadas da fintech poderão contratar crédito consignado atrelado a uma apólice de seguro prestamista que protege o funcionário em caso de perda de renda, invalidez e óbito

A fintech de crédito consignado Paketá fecha parceria inédita com a AXA no Brasil, parte de um dos maiores grupos seguradores do mundo. A proposta é trazer mais segurança para o tomador no momento da contratação do empréstimo, oferecendo uma proteção financeira que cobre invalidez, desemprego involuntário e óbito. Nos próximos cinco anos, a fintech planeja emprestar R$ 1 bilhão e pretende incluir a proteção financeira em todas as transações.

“O crédito consignado é um motor da economia mas, muitas vezes, os funcionários têm receio de fazer dívidas mais longas, seja por não sentir estabilidade do trabalho ou por receio de acontecer algum acidente e essa dívida não ser paga. Queremos oferecer ao tomador a segurança que ele precisa para ter o seu empréstimo com tranquilidade” afirma Fabian Valverde, CEO da Paketá.

Com mais de 650 empresas conveniadas em todo o Brasil, dos mais variados portes, a Paketá oferece taxas atrativas e o modelo da oferta do seguro será aplicado a todos pedidos de empréstimos.

Para a AXA, essa também é uma grande oportunidade de expandir as parcerias da seguradora para novos mercados, através de uma oferta totalmente digitalizada.

“Trata-se de uma parceria em que todos só têm a ganhar. Pesquisas mostram que problemas financeiros impactam a produtividade dos funcionários e as empresas estão atentas a isso e também mais conscientes de seu papel em promover educação financeira. Isso está diretamente ligado à nossa missão de levar a proteção para o dia a dia das pessoas e contribuir para aumentar sua resiliência financeira”, afirma Sebastien Guidoni, Vice-Presidente executivo de Parcerias, Estratégia e Finanças da AXA no Brasil.

Os pedidos de empréstimo na plataforma da Paketá são liberados em até 24 horas. Todo o processo é on-line e o crédito é descontado direto da folha de pagamento do funcionário contratado em regime CLT. O prazo para o pagamento do empréstimo é de até 60 meses.