Vittorio Danesi

Seguradora iniciou contrato de outsourcing de notebooks com a Simpress em 2019, mas utiliza serviços de solução em impressão desde 2010

A Generali Brasil Seguros, subsidiária do Grupo Generali, um dos maiores grupos globais de gestão de ativos e seguros, a fim de minimizar os problemas causados pelo Covid-19, colocou 100% dos seus colaboradores em home office e locou 50% mais notebook da Simpress para àqueles que trabalham com desktops. Enquanto isso, a provedora de outsourcing de equipamentos e soluções apresentou 500% de aumento na procura de notebooks pelas empresas nos dias 16 e 17 de março, em razão do Covid-19. Agora, este número subiu para de 3 mil notes. 

“Estamos muito empenhados em combater esse vírus. A companhia preza pela saúde e segurança de seus colaboradores, por isso, reafirma o compromisso em garantir um local seguro para eles trabalharem. Essa é uma preocupação mundial da Generali. Na última semana, o Quadro de Diretores Assicurazioni Generali, em reunião presidida pelo presidente da Assicurazioni Generali, Gabriele Galateri di Genola, aprovou a criação de um Fundo Internacional Extraordinário de até 100 milhões de euros dedicado à luta contra as emergências do Covid-19”, comenta Camila Asenjo, Diretora de Pessoas e Organização da Generali Brasil. 

Segundo Vittorio Danesi, CEO da Simpress, “A necessidade das empresas em manter suas equipes seguras gerou um aumento enorme na demanda de outsourcing. Essa semana já locamos 3000 notebooks. Somente nos dois primeiros dias da semana, fechamos onze clientes com um total de 1000 notebooks e ainda fizemos propostas para mais 7 mil máquinas, em todo o Brasil. O nosso departamento comercial, também em home office, está a todo vapor”, declara.

Spin