Golpes envolvendo MPEs são corriqueiros, mas podem ser evitados 

A captação de crédito por fintechs é cada vez mais comum entre empresas. A agilidade, a ausência de uma série de tributações e a facilidade ao negociar com fornecedores são apenas alguns dos benefícios que a modalidade oferece. É óbvio que tudo isso deve ser levado em conta ao se optar pelo adiantamento de um recebível, mas há um ou outro ponto que, por vezes, passa despercebido por tomadores de crédito.

Assim como em toda e qualquer transação financeira, é preciso ter muito cuidado com tudo que envolve a segurança no adiantamento de recebíveis. Da escolha da empresa que fará a operação ao acompanhamento do ato financeiro em si, tudo deve ser acompanhado de perto pelo empreendedor. 

Como existem uma série de formas de fazer o adiantamento de recebíveis, as maneiras de se precaver para impedir dores de cabeça podem variar. 

Pré-captação

É possível pedir referências bancárias e comerciais de empresas, para saber se as empresas possuem débitos ou restrições, por exemplo. Tais registros tranquilizam o tomador de crédito, bem como o previnem de possíveis fraudes. 

Credibilidade

Outra precaução ao optar pela modalidade de captação de crédito é a credibilidade da empresa que fará o adiantamento de recebíveis. Ela deve, por exemplo, sempre fornecer nota fiscal eletrônica (NFe) para todas as transações realizadas. E caso não haja emissões de notas, em um determinado período, pode se um sinal de alerta para o empreendedor. 

Experiência

A experiência do cliente ao negociar sua antecipação também é um bom indicativo para ganhar confiança na empresa. E para quem está começando um negócio e ainda não tem conhecimento do mercado, a Adianta, fintech focada em adiantamento de recebíveis para PMEs, pode facilitar a vida do empreendedor. Por possuir uma plataforma digital que permite, entre outros movimentos, buscar e avaliar crédito e negociar valores –  em questão de minutos e em apenas três passos. Além de o próprio sistema ter inteligência antifraude e ajudar o empreendedor a ter segurança na hora de adiantar seus recebíveis. 

“Com o aumento da procura de toda e qualquer empresa por antecipação de recebíveis, é natural que os cuidados com a captação de crédito tenham que ser ainda mais rígidos e frequentes. Para evitar que o cliente tenha problemas, um dos pilares da atuação da Adianta junto com os parceiros é o atendimento próximo de cada um deles, fornecendo auxílio e estando à disposição caso a instituição precise de algo”, explica Marco Camhaji, CEO da Adianta.

Golpes financeiros que envolvem micro, pequenas e médias empresas, infelizmente, são frequentes. Para não cair em armadilha alguma, é necessário ficar de olho em todos os indicativos do mercado e das instituições envolvidas. 

sevenpr