Circular 1/2019/SUSEP, publicada pela SUSEP em 22/08, autoriza seguradoras a utilizar peças novas, originais ou não, nacionais ou importadas.

Segundo a SUSEP, o objetivo é ampliar a concorrência no mercado de seguro de automóveis.

Em todos os casos a informação deve estar clara para o consumidor na
proposta de seguro e nas condições contratuais. Deve ficar claro em quais
componentes poderão ser utilizados os diferentes tipos de peça.

Agora cabe ao consumidor, na hora de contratar novo seguro, avaliar qual tipo de cobertura lhe é mais vantajosa.